Nos Phones: “A Weird Exits” – Thee Oh Sees

A Thee Oh Sees este verão, presenteou-nos com mais um fantástico álbum (intitulado “Green” no Reino Unido), depois de mais uma mexida na banda agora com dois bateristas, liderados pelo John Dywer (voz, guitarra, teclas), que iniciou a carreira em 1996, músico selvagem e frenético, não pára um momento, ele marca o som de Thee Oh Sees, que nesta renovada face, é acompanhado por Tim Hellman (baixo), Ryan Moutinho (bateria) e Dan Rincon (bateria). Continuar a ler “Nos Phones: “A Weird Exits” – Thee Oh Sees”

Nos phones: “GØGGS” de GØGGS

Ty Segall, é dos mais talentosos músicos da nova vaga californiana, parece criar novas bandas como as pessoas mudam de roupa, criativo o suficiente para que o resultado seja sempre extraordinário, é certamente o caso deste projecto Goggs. Juntando-se a Chris Shaw dos Ex-Cult e ao colega Charles Moothart dos Fuzz, Segall presentea-nos com esta explosão de fúria, entre o garage e o punk rock, neste álbum de estreia auto-intitulado goggs. Continuar a ler “Nos phones: “GØGGS” de GØGGS”

Programa: Barreiro Rocks 2016

O Barreiro Rocks este ano faz 15 anos, que na cidade do Barreiro apresenta desde então uma programação singular e irreverente que mantém a chama do rock and roll bem acesa, produzido pela Hey, Pachuco! Associação Cultural.

Por aqui passaram desde 2000, nomes históricos do rock and roll (Andre Williams, Gallon Drunk, Billy Childish, Speedball Baby, Pierced Arrows, Jack Oblivian) bem como projetos e apostas emergentes, muitos pela primeira vez em Portugal ou na Europa (The Black Lips, Ty Segall, Lost Sounds, Strange Boys, Howlin’ Rain). Continuar a ler “Programa: Barreiro Rocks 2016”